Google+ Followers

segunda-feira, 8 de março de 2010

Um viva a todas as mulheres!!!

No dia,8 de Março do ano de 1857, as operárias têxteis de uma fábrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fábrica, reinvidicando a redução de um horário de mais de 16 horas por dia para 10 horas. Estas operárias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de um terço do salário dos homens, foram fechadas na fábrica onde, entretanto, se declarara um incêndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimadas. Em 1910, numa conferência internacional de mulheres realizada na Dinamarca, foi decidido, em homenagem àquelas mulheres, comemorar o 8 de Março como "Dia Internacional da Mulher". De então para cá o movimento a favor da emancipação da mulher tem tomado forma,no resto do mundo...
Hoje além de trabalhar e ocupar cargos de responsabilidade assim como os homens, ainda realizamos as tarefas tradicionais, como a de ser mãe, esposa e dona de casa. Trabalhar fora de casa é uma conquista relativamente recente para nós. Ganhar nosso próprio dinheiro, ser independente e ainda ter sua competência reconhecida é motivo de orgulho para todas. Porém, já provamos que além de ótimas "donas de casa", podemos também ser boas motoristas, mecânicas, engenheiras, advogadas. Já está mais do que provado que as somos perfeitamente capazes de cuidar de nos mesmas, de conquistar aquilo que desejamos e de provocar mudanças profundas no decorrer da história da humanidade.

E hoje encontrei pelas estradas virtuais este poema que quero dividir com todas...


Mulheres

Vito Cesar


Mulheres serenas, promessas de nada.
mulheres de vento, de sopro divino,
mulheres de sonho, mulheres sentido,
mulheres da vida, melhor ter vivido...
Mulheres de tempo, em que tudo que havia fazia sentido,
mulheres que eu vejo, no sol de janeiro,
mulheres saídas de potes de vidro,
mulheres faceiras, as mais feiticeiras, melhor ter sorrido...

mulheres de tantos e tantos perigos,

mulheres de vinho e de vã harmonia,
mulheres convívio,
mulheres no cio, as mais parideiras, melhor ter nascido...

mulheres de luzes e de absinto,
mulheres que um dia sonhei colorido,
mulheres de santos, mulheres de igrejas,
as mais rezadeiras, melhor sacrifício

mulheres que um dia deitaram comigo,
mulheres tão lindas e de maior juízo,
mulheres de danças,
as tranças nos ombros, meus olhos caídos....

mulheres que fecham a vã poesia,
mulheres que o ouro não tem nem princípio,
mulheres de outono,
o seu abandono, melhor ter carinho...

mulheres de um tempo em que estive sozinho,
mulheres de riso abrindo janelas,
mulheres que sonham,
seu sono macio, melhor o seu ninho....

mulheres do dia e da noite, eternos,
mulheres que lutam, raízes na terra,
mulheres que as feras,
no meio da noite, não mais intimidam...

mulheres espera, no mar do abandono,
mulheres teares, tecendo seu linho,
mulheres tão loucas,
Seu beijo na boca, uma taça de vinho....